Nacional
Pintora Raquel Gralheiro expôe em Macau 'My Chinese Zodiac'
Raquel Gralheiro no seu atelier, Porto Foto: Divulgação
Redação Lux em 23 de Janeiro de 2018 às 15:39

A artista plástica portuguesa Raquel Gralheiro, que vive e trabalha no Porto, vai ter uma exposição individual no próximo dia 21 de março de 2018 no Albergue da Santa casa da Misericórdia de Macau, que abrirá as suas portas da Galeria A2, exibindo a mostra “My chinese Zodiac".

Esta exposição insere-se na 1a Bienal ARTFEM2018 (Arte no feminino)

Possuidor de um original trabalho por diversas vezes premiado, a artista plástica Raquel Gralheiro (n. Portugal/Viseu, 1969), formada em Pintura pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, conta no seu currículo com inúmeras exposições individuais em Portugal e no estrageiro, tendo já apresentado o seu trabalho individualmente no Brasil, Argentina, Espanha, Grécia, Polónia e Reino Unido.

Nos últimos anos, as obras da artista retratam uma figura feminina acompanhada de um animal de “estimação”.

A propósito da sua pintura, o escritor Valter Hugo Mãe escreveu:

"A ideia de excesso, pelo infinito dos pormenores e pela profusão cromática, é fulcral na interpretação do pendor crítico que caracteriza o que faz esta pintora. A figura não está simplesmente aposta a um pano de fundo, ela está em competição, como uma figura também em demasia, uma derivação ou emanação da própria envolvente, como se fosse um resultado da euforia decorativa. Acaba por funcionar como uma crítica clara à objectificação do indivíduo, à objectificação da mulher, implicando-a directamente com a questão da pose superficial e do adorno. A mulher está muito para lá do expectável, está sob camadas e camadas de aculturação que a mascaram e criam um complexo significado no que ainda pode revelar de natural.” 

 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção