Nacional
Redação Lux em 23 de Fevereiro de 2018 às 16:11
AGENDA: Ensaio no feminino - Leitura Encenada no Chapitô
1/8 - Teresa Tavares - Ensaio no feminino - Leitura Encenada no Chapitô Foto: Divulgação
2/8 - Sofia Correia - Ensaio no feminino - Leitura Encenada no Chapitô Foto: Divulgação
3/8 - Pedro Ramôa - Ensaio no feminino - Leitura Encenada no Chapitô Foto: Divulgação
4/8 - IolandaLaranjeiro - Ensaio no feminino - Leitura Encenada no Chapitô Foto: Divulgação
5/8 - Inês Oneto - Ensaio no feminino - Leitura Encenada no Chapitô Foto: Divulgação
6/8 - Fabíola Lebre - Ensaio no feminino - Leitura Encenada no Chapitô Foto: Divulgação
7/8 - Marlene - Ensaio no feminino - Leitura Encenada no Chapitô Foto: Divulgação
8/8 - Ensaio no feminino - Leitura Encenada no Chapitô Foto: Divulgação

Com arranjo cénico de Rita Lello e interpretação dos actores Fabíola Lebre, Inês Oneto, Iolanda Laranjeiro, Marlene Barreto, Pedro Ramôa, Sofia Correia e Teresa Tavares, Ensaio no Feminino é uma leitura encenada de um conjunto de crónicas dos mais variados autores, sobre o que é, tão-só, ser feminino.

Ensaio no feminino é uma criação coletiva resultado de um conjunto de crónicas sobre mulheres que partilham reflexões e, nessa medida, suscitam questões que necessitam de um novo olhar, e a urgência de criar uma corrente de reflexão sobre o que é, tão-só, ser feminino.

Como refere o sociólogo Alain Touraine o papel das mulheres não é tanto “(...)o de transformar ou substituir o feminino com o masculino mas de superar, quer dizer, recriar a unidade entre os pólos que se criaram como opostos.”

Ensaio no feminino pretende, de forma descontraída, abrir o livro da vida de muitas mulheres, com as quais outras podem identificar-se e, por sua vez, partilhar esta experiência com outros, abrindo um campo de reflexão sobre o olhar singular do feminino.

De 1 a 4 de Março 2018 no Chapitô.

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção