Nacional
Andreia Rodrigues escolhe criopreservar as células estaminais para proteger a filha
Andreia Rodrigues Foto: Bebé Vida
Redação Lux em 26 de Abril de 2018 às 18:32

Andreia Rodrigues escolheu criopreservar as células do sangue e do tecido do cordão umbilical da primeira filha, Alice.

“O parto é o único momento em que o podemos fazer. É importante que futuros pais, como nós, tomem uma decisão informada e saibam que é a única oportunidade que temos para recolher e guardar estas células estaminais”, explica Andreia Rodrigues que optou pelo laboratório Bebé Vida para fazer a criopreservação de células estaminais.

Andreia Rodrigues recomenda as futuras mães e pais que tenham dúvidas sobre esta decisão a procurarem informação junto do banco, para tomarem uma decisão informada e não perderem a única oportunidade de criopreservarem as células estaminais dos seus bebés.

“Pelo que sei a Bebé Vida é o único banco privado de células e tecido em Portugal reconhecido pela FACT Netcord. Isto dá-nos segurança e sabemos que qualquer centro de terapias no mundo aceita as células criopreservadas pela Bebé Vida”, acrescenta a apresentadora.

Andreia Rodrigues já tem consigo o Kit Bebé Vida que levará para a maternidade no dia do nascimento da filha, beneficiando de um acompanhamento clínico personalizado, transporte especializado da amostra e Plano Proteção de Saúde* que garante a criopreservação das células por 25 anos.

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção