Nacional
Redação Lux  com Cátia Soares em 13 de Outubro de 2016 às 15:59
Cláudia Vieira: "Desde que treino com um personal trainer, os resultados são óbvios"
1/7 - Cláudia Vieira - Festa Rentrée Clube VII 24.09.2016 Foto: Ricardo Santos
2/7 - Cláudia Vieira - Festa Rentrée Clube VII 24.09.2016 Foto: Ricardo Santos
3/7 - Cláudia Vieira - Festa Rentrée Clube VII 24.09.2016 Foto: Ricardo Santos
4/7 - Cláudia Vieira - Intimissimi On Ince 2016 Foto: Divulgação
5/7 - Cláudia Vieira - Intimissimi On Ince 2016 Foto: Divulgação
6/7 - Cláudia Vieira - Intimissimi On Ince 2016 Foto: Divulgação
7/7 - Cláudia Vieira - Evento Âme Moi na Loja das Meias Foto: Divulgação

 

Cláudia Vieira esteve à conversa com a Lux no Clube VII, que habitualmente frequenta, e revelou alguns dos segredos da sua boa forma.

Todas as fotos da Festa Rentrée Clube VII

Segue algum plano de treino?

Faço treinos com um personal trainer e assumo que, desde que passei a fazê-lo, os resultados são óbvios. Gosto de fazer várias aulas e de experimentar coisas diferentes. E gosto de treinar de manhã porque torna-se difícil arranjar tempo para treinar ao final da tarde.

De que aulas mais gosta?

Há uns tempos experimentei o crossfit e adoro. É explosivo, intenso e bom. Eu gosto dessa sensação de cansaço. Também gosto de fazer aulas de spinning, cycling e localizadas, e de jogar padel ou ténis... Mas odeio step, não tenho capacidade de manter o ritmo.

O exercício fez sempre parte da sua vida...

Acho que sempre levei o exercício muito a sério. Desde os meus 5 anos praticava 5 modalidades. Felizmente tive uma educação desportiva. Andava no ballet, no atletismo, no taekwondo, na ginástica e jogava futebol. Nunca fiz nada a nível competitivo porque fiz sempre muitas atividades e não me dedicava a uma só. Mas fui sempre muito ativa e com muita aptidão para o desporto e com muito gosto pela prática.

Hoje em dia treina regularmente?

Não, não tenho um treino específico e regular. Numa semana posso treinar 4, 3 ou 2 dias. Mas gosto de praticar exercício com muito prazer. Mesmo quando há uma paragem e há um regresso gosto de sentir aquela dor nos músculos a despertar outra vez e gosto, realmente, de treinar. Sabe-me bem, faz-me bem à cabeça e ao corpo, e adoro motivar todos à minha volta.

E em termos de alimentação?

Há coisas às quais não resisto mesmo, que é o caso de pão, que adoro. Mas gosto muito de fruta e legumes, e como sempre sopa. Tenho uma alimentação muito saudável, porque tive sempre uma educação alimentar saudável. Naturalmente, vou excluindo algumas coisas que são más, mas é porque não gosto, como é o caso do queijo. E também não gosto de bebidas com gás.

Que dicas de motivação daria às leitoras da Lux?

Uma mulher tem de lidar com várias frentes: o trabalho, a casa, os filhos... E o exercício ajuda. Sabe bem, faz bem à cabeça e ao corpo e dá-nos energia para todas as nossas outras atividades. Ganhamos qualidade de vida a todos os níveis e ganhamos energia, ao contrário do que se possa pensar. Além de que é um bom tratamento anti-idade. Se começarem a ver os resultados dos treinos a nível mental, cardio e físico vão ter a motivação certa para ter aquela força de vontade que, num momento de arranque, é necessária. Eu, se treinar 3 ou 4 vezes por semana, faço um treino como deve ser. Mas para quem não costuma ou não tem o hábito de treinar, a sugestão que eu dou é: treinem meia hora, façam uma corridinha, uma aula de localizada ou de Ioga. A força da mente é surpreende, nós conseguimos superar-nos.

 

 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção