Nacional
Redação Lux  com Cátia Soares em 7 de Outubro de 2016 às 12:53
Diana Monteiro: "Decididamente, o exercício não é para toda a gente"
1/2 - Diana Monteiro e José Ferreira - Festa Rentrée Clube VII 24.09.2016 Foto: Ricardo Santos
2/2 - Diana Monteiro e José Ferreira - Festa Rentrée Clube VII 24.09.2016 Foto: Ricardo Santos

 

Todas as fotos da Festa Rentrée Clube VII

A atriz Diana Monteiro, de 32 anos, esteve à conversa com a Lux na Festa Rentrée Clube VII e revelou alguns dos segredos da sua boa forma.

Segue algum plano de treino?

Sim, sigo um plano de treino bastante rígido. Quando estou completamente focada sou muito rigorosa e vou, pelo menos, 4 vezes por semana ao ginásio e corto tudo e mais alguma coisa, porque não acredito em resultados sem esforço. Não sou daquelas pessoas que diz: "Hoje comes tudo e depois vais treinar". Eu faço isso, de vez em quando ou nas férias, mas quando estou focada sigo um plano de treino mesmo rigoroso e pelo menos 6 meses do meu ano sigo à risca.

Qual é o tipo de treino de que mais gosta?

Fiz ginástica acrobática durante muitos anos, quando era miúda, então, é uma coisa que está incutida. Não é que o exercício dê prazer, mas torna-se um prazer, porque os resultados acabam por fazer com que seja bom. Honestamente, treinar não é agradável. Nós é que temos de fazer com que seja agradável. Qualquer que seja o esforço físico, se nós nos mentalizarmos que aquilo nos está a fazer bem vai ser um prazer.

No caso das mulheres, que treinos resultam mais?

Glúteos... agachamentos... tudo o que seja treino core, porque acho que a postura é essencial, e o abdominal. Mas treinar é dificil!

Mas quando se treina com companhia é mais fácil, não?

Sim, eu teino quase sempre com o meu namorado, o Zé. Nesses 6 meses do ano em que estamos mesmo focados às 9h30 já estamos no ginásio a treinar.

Motivam-se um ao outro?

Sim, completamente! Há dias em que não me apetece e outros em que é ao contrário, então um puxa o outro em dias diferentes.

E têm algum ritual?

Sim, ele bebe um batido e um café antes de treinar e só come a seguir. Eu sou ao contrário: como primeiro e bebo o batido a seguir, porque o que quero a nível de resultados é diferente. Se beber o batido primeiro não tenho energia para fazer o meu treino todo, que são duas horas.

E em termos de alimentação, que cuidados tem?

Não resisto a batatas fritas e chocolates (risos). Se eu estiver em dieta e alguém me puser isso à frente eu mato a pessoa!!! Mas quando eu quero muito alcançar um objetivo consigo resistir a quase tudo. Mas também não acredito naqueles treinos que nos cortam tudo por completo. Acho que uma vez por semana temos de comer qualquer coisa que nos satisfaça, principalmente porque mental e psicologicamente é muito complicado estar sempre em dieta e não satisfazer algumas necessidades que o corpo tem. No meu caso, uma vez por semana faço refeição livre e descomprometida, com sobremesa e com tudo!

Que dicas de motivação daria às leitoras da Lux?

Não sei, porque, decididamente, o exercício não é para toda a gente. Eu não sou a favor daquelas pessoas que dizem que toda a gente devia fazer exercício… É mentira, porque há pessoas que não encontram qualquer prazer, por mais que tentem, em fazer exercício físico. Eu acho que faz bem à mente se nós, realmente, sentirmos que aquilo nos está a fazer bem. É tudo uma questão de equilíbrio. Faz bem à mente se nós, realmente, quisermos muito. Se assim não for, vai ser sempre um sacrifício.
 

 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção