Nacional
Redação Lux em 1 de Fevereiro de 2017 às 17:11
Diogo Amaral surge pela primeira vez em público após a separação
1/2 - Diogo Amaral - Antestreia de Stalin 20.01.17 Foto: Artur Lourenço/Lux
2/2 - Miguel Pinheiro e Diogo Amaral - Antestreia de Stalin 20.01.17 Foto: Artur Lourenço/Lux

Novamente solteiro, Diogo Amaral tem aproveitado para fazer alguns programas que antes não conseguia fazer, pelo menos com tanta regularidade.

A Lux encontrou o ator, de 35 anos, na segunda antestreia em Portugal do filme “O Divã de Estaline”, que já tinha sido exibido no Lisbon & Estoril Film Festival, em novembro do ano passado.

O amigo Miguel Monteiro faz parte do elenco de atores portugueses que participam na longa-metragem e Diogo Amaral fez questão de o acompanhar naquela noite.

“Estou muito curioso. Para mim, todas as desculpas são boas para vir ao cinema. Por isso, não crio nenhuma 
expectativa quando venho ver um filme. Já não vinha ao cinema há algum tempo”, afirmou Diogo Amaral, minutos antes do início do filme realizado por Fanny Ardant. 

Homem de poucas palavras, sobretudo no que toca à sua vida pessoal, Diogo Amaral preferiu não fazer comentários sobre a sua recente separação da atriz Vera Kolodzig. “Nós enviámos um comunicado”, disse quando questionado sobre o fim da relação com a mãe do filho, Mateus, de 2 anos.

Os dois atores estiveram seis anos juntos e, apesar de nunca terem oficializado a relação, protagonizaram um casamento-surpresa, em Las Vegas, durante a road trip que fizeram pelos EUA, no verão de 2015, na companhia do filho.

“Os bons momentos farão sempre parte das nossas vidas”, escreveram no comunicado assinado pelos dois e publicado nas suas páginas do Facebook: “A Vera será sempre uma pessoa especial para mim por todas as razões e, acima de tudo, por ser a mãe do meu filho.” 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção