Nacional
Fernanda Miranda recusa testemunhar contra Pinto da Costa
Jorge Nuno Pinto da Costa e Fernanda Miranda (Fotos: Ângela Velho)
Redação Lux em 5 de Abril de 2017 às 13:00

Fernanda Miranda não quer prestar declarações no julgamento em que o ex-marido, o presidente do Futebol Clube do Porto, é arguido e responde por sete crimes, e o tribunal acedeu ao seu pedido.

A ex-mulher de Jorge Nuno Pinto da Costa iria, esta quarta-feira, dia 22, ser ouvida no âmbito do processo ‘Operação Fénix’, que decorre em Guimarães, sobre a utilização ilegal de segurança privada.

O depoimento  acabou mesmo por não acontecer, uma vez que o coletivo de juízes do tribunal de Guimarães deu provimento a um recurso apresentado por Fernanda Miranda, que tinha manifestado a intenção de não testemunhar contra o ex-marido, Pinto da Costa, de quem se divorciou em dezembro passado.

O requerimento enviado pela brasileira justifica que, como era cônjuge do presidente portista à data dos factos, a lei confere-lhe o direito de não falar sobre a acusação, que imputa a Pinto da Costa a prática de sete crimes de exercício ilícito da atividade de segurança privada, por ter contratado guarda-costas da SPDE, uma empresa sem alvará para esse tipo de serviços.

Depois do divórcio de ambos, Pinto da Costa já refez, entretanto, a sua vida amorosa, desta feita ao lado de Sílvia Costa, de 43 anos, com quem já vive num complexo de luxo em Santo Tirso.

A Lux tentou contactar Fernanda Miranda mas a brasileira, de 30 anos, manteve-se incontactável até ao fecho da edição. 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção