Nacional
Filipa Castro: 'Esta dor e esta tristeza não têm fim'
Clinica Persona com nova Embaixadora- Filipa de Castro Foto: Divulgação
Cátia Soares em 7 de Fevereiro de 2017 às 19:00

Filipa Castro atravessa um momento difícil desde a morte da mãe, Gina, no final de 2016, vítima de cancro, aos 61 anos.

A ex-mulher do futebolista Beto abriu o seu coração à Lux:

“Acabei o ano muito mal. 2016 foi um ano muito complicado pelo falecimento da minha mãe. Não posso dizer que entrei em 2017 às mil maravilhas, porque o meu coração não permitiu, mas tenho de ser positiva e tenho de ter força. Em 2017 acredito e espero que me aconteçam coisas boas e positivas que me aqueçam o coração, porque é isso que eu peço, mas esta dor e esta tristeza não têm fim, não acredito que passem. Tenho a certeza de que este sentimento nunca mais vai passar, pode apenas apaziguar. Foi-se um bocado de mim. A minha mãe já tinha tido há uns anos cancro da mama e no final de 2015 o cancro voltou nos ossos e num ano conseguiu levá-la. Não foi fácil para mim, e agora, passados dois 2 meses, continua a ser difícil. É muito recente. Eu era muito agarrada a ela e para mim nem é bom nem é fácil falar neste assunto. Os meus filhos têm sido o grande apoio, a minha força. Nestas alturas, basta um abraço para nos aquecer um bocadinho o coração, porque ninguém me consegue tirar esta dor. É horrível. Mas vou ultrapassar esta fase”, assegurou.

 

 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção