Nacional
Cátia Soares em 14 de Fevereiro de 2017 às 14:57
Jessica Athayde: 'Demorei a afirmar-me enquanto mulher e a sentir-me confortável na minha pele'
1/4 - Jessica Athayde - Gala das Estrelas TVI 13.12.16 Foto: Artur Lourenço/Lux
2/4 - Jessica Athayde - Antestreia de "Aqui há gato" 21.01.17 Foto: Artur Lourenço/Lux
3/4 - Jessica Athayde em ação do Passatempo Compal/workshop de vida saudável 12.01.17 Foto: Arturt Lourenço/Lux
4/4 - Jessica Athayde (1) - Gala das Estrelas TVI 13.12.16 Foto: Artur Lourenço/Lux

 

Na antestreia do filme “Aqui Há Gato”, Jessica Athayde falou à Lux sobre o debate que lançou recentemente, no seu blogue, sobre a censura do corpo da mulher nas redes sociais.

“As reações das pessoas têm sido boas, mas é claro que há sempre quem critique. A verdade é que não tenho qualquer problema em falar e abordar este assunto. Acho que, acima de tudo, nós vamo-nos desenvolvendo enquanto mulheres. Eu, por exemplo, quando era mais nova demorei, talvez algum tempo, a afirmar-me enquanto mulher e a sentir-me confortável na minha pele, então, a partir do momento em que comecei a chegar a essa fase comecei a saber exatamente aquilo que queria e não queria. E depois também tive a sorte de me rodear de mulheres que são fortes, que me ensinam, e eu também não tenho problema nenhum em perguntar, portanto, acho que é importante estarmos unidas e falarmos sobre algumas questões que dizem respeito a todas. Acho que é um trabalho constante para todas”, sublinhou.

Ainda a gravar “Onde Está Elisa?”, a atriz espera conseguir desfrutar de uns dias de descanso este ano: “Irá haver tempo para férias, com certeza. Já tenho uma viagem em mente.”

 

 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção