Nacional
Manuel Maria Carrilho absolvido de crime de violência doméstica
Manuel Maria Carrilho - Tribunal 31.10.17 Foto: Tiago Frazão/Lux
Redação Lux  com AA em 16 de Dezembro de 2017 às 09:31

Manuel Maria Carrilho foi absolvido no processo em que era acusado de violência doméstica contra Bárbara Guimarães.

A sentença foi conhecida na sexta-feira (15), com o antigo Ministro da Cultura a ser condenado a um dos 22 crimes de difamação cometidos contra a sua ex-mulher.

"Perante a realidade trazida ao tribunal, prova pericial inconclusiva e perante uma prova testemunhal abundante, mas que não foi capaz de sustentar a acusação, não resulta da matéria de facto provada que o arguido tem cometido o crime de violência doméstica", pelo que o tribunal o absolve, decidiu a juíza Joana Ferrer.

Por um crime de difamação, a juíza condenou Manuel Maria Carrilho a 150 dias de multa, num total de 900 euros, e ainda ao pagamento de uma indemnização de três mil euros por danos não patrimoniais à apresentadora de televisão.

Recorde-se que o ex-governante foi condenado a quatro anos e meio de pena suspensa em outubro por casos ocorridos após a separação do casal. 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção