Nacional
Vídeo: “Ponha Portugal no Mapa" convida portugueses a miniférias na época baixa
“Ponha Portugal no Mapa" convida portugueses a miniférias na época baixa
Redação Lux em 8 de Setembro de 2016 às 09:36

“Ponha Portugal no Mapa" é o mote para a nova campanha do Turismo de Portugal destinada à promoção do Turismo Interno.

Com o objetivo de incentivar os portugueses à realização de miniférias na época baixa, esta campanha pretende mostrar a diversidade da oferta turística nacional através do ponto de vista dos portugueses, que são convidados a fazer pequenos filmes sobre o que consideram mais interessante visitar em Portugal.

Através de uma app desenvolvida por uma Startup portuguesa (Glymt), serão lançados 16 desafios, ao longo de 16 semanas, que inspirem os portugueses a filmarem Portugal, escolherem o que consideram melhor e que recomendam do nosso país. 

Para acederem a estes desafios é necessário instalar no telemóvel a app Glymt, fazer um vídeo de cerca de 5” a 20” sobre cada desafio e posteriormente carregar o vídeo na mesma app. Os vídeos selecionados poderão ser utilizados na comunicação nacional e internacional do país, até ao limite máximo de 400 e terão uma recompensa para o participante de 50 euros por vídeo selecionado. Esta abordagem irá ainda permitir chegar a um público mais jovem, normalmente pouco ativo na produção de conteúdos para o turismo, o que proporcionará um olhar diferente e inusitado da oferta turística nacional.

O primeiro desafio será dedicado ao “Mar”, fazendo jus ao local onde é lançada esta campanha, no Funchal, em frente ao mar.

Ana Mendes Godinho, Secretária de Estado do Turismo sublinha que “Esta é uma campanha totalmente inovadora, na qual todos os portugueses são convidados a participar, pois somos todos embaixadores do turismo de Portugal. Com esta campanha vamos permitir que sejam os portugueses a construir a nossa imagem de promoção.”

O peso do turismo interno em Portugal é de cerca de 40,6% nos hóspedes (3,5 milhões), e de acordo com os dados divulgados pelo INE, no acumulado de janeiro a junho de 2016, as dormidas de residentes em Portugal no alojamento turístico português foram, 6,3 milhões (+7,9%), sendo que o mercado interno correspondeu a 27,3% das pernoitas totais.

Por região, em total de pernoitas, de janeiro a junho de 2016, o destino n.º1 dos residentes em Portugal foi Lisboa, com 1,41 milhões de dormidas, seguindo-se o Norte de Portugal, com 1,38 milhões, Algarve, com 1,29 milhões, Centro, com 1,16 milhões, Alentejo, com 420,3 mil, Madeira, com 330,1 mil e Açores, com 300 mil.

 

 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção