Nacional
Redação Lux  com Joana Côrte-Real em 13 de Março de 2011 às 17:02
Inauguração de Galeria Real reúne caras conhecidas num hotel no Estoril
Ao longo dos seus 81 anos de atividade, o Hotel Palácio Estoril acolheu ilustres personalidades nacionais e internacionais que, em momentos de trabalho ou de lazer, ficaram hospedadas naquele que é considerado um dos hotéis mais emblemáticos do País. Majestosos salões revelam histórias inéditas com protagonistas famosos e aquelas paredes escondem a intimidade de reis e rainhas, príncipes e princesas, que ali foram recebidos com toda a dignidade e todo o glamour.

A Galeria Real, inaugurada na passada semana, exalta a memória viva do Hotel que, desde que abriu as portas, a 30 de agosto de 1930, até hoje, tem sido refúgio e lugar de inspiração para muitos chefes de Estado, reis, príncipes, escritores, espiões, realizadores de cinema, estrelas desportivas e grandes intérpretes da música internacional.

A exposição mostra parte do espólio fotográfico deste hotel de luxo. São imagens únicas de membros da realeza de todo o mundo que marcam momentos na História.

«As fotografias são muito bonitas e foi muito simpático terem incluído a nossa nesta exposição», afirma Diana de Cadaval, fotografada com o seu marido, o príncipe Charles Philippe d¿Orléans, no Dia de São Valentim de 2008. «

Foi um ótimo jantar a dois no ano em que anunciámos o nosso noivado», conta a duquesa. «Para nós é um hotel de referência, que recomendamos a todos os nossos amigos. Vimos cá imenso no verão almoçar e fazer piscina», acrescenta.

Todas as famílias reais da Europa e do Oriente têm mostrado, ao longo das três últimas gerações, uma predileção pelo Hotel Palácio na hora de escolher o seu hotel em Portugal. Sempre foi assim desde os anos 40 até hoje e, no Livro de Honra, peça de culto que serve de prova, soltam-se rasgados elogios ao hotel, a segunda casa da família real italiana em todo o tempo do seu exílio em Portugal.

«Tenho uma ligação muito forte a este hotel. Aqui casaram-se os meus avós, os meus pais e eu», conta Gracinha Viterbo, que subiu ao altar com Miguel Vieira da Rocha, em 2005.

«É encantador ver como este hotel sobrevive com estilo e requinte ao longo de várias gerações. Venho cá desde que nasci e por isso tenho grandes recordações. Nós vivemos no Estoril e o Hotel Palácio faz também parte da vida dos meus filhos», disse a decoradora, mãe de Santiago, de 6 anos, Guilherme, de 4, Benjamim, de 3, e Alice, de 1.

Caras bem conhecidas fizeram questão de marcar presença na inauguração da Galeria Real, um espaço idealizado pela atual direção e com projeto de interiores do arquiteto Fernando Hipólito. Uma inauguração que mereceu a visita da princesa Maria Luísa da Bulgária, que nesta exposição fez uma saudosa viagem até à sua infância.

«Sempre tive uma paixão pelo Estoril. Vivi aqui com a minha mãe e foi aqui que ela morreu em 2000», recorda a princesa, filha de Joana de Sabóia, rainha consorte da Bulgária.
Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção