Nacional
Redação Lux em 20 de Março de 2016 às 19:06
Portugal Fashion: Desfile da Vicri encerra 38ª edição

A coleção outono/inverno 16 da VICRI apresenta-se mais sóbria e para um mercado masculino mais abrangente. As cores surgem em tonalidades mais secas e as silhuetas mais formais.

Para a próxima estação fria, Jorge Ferreira apresenta um homem mais boémio e sensual, que gosta de se divertir e adora ser o centro das atenções mesmo estando vestido de forma mais discreta. Foram utilizados detalhes de construção mais complexos e aplicações de cariz militar em alguns pormenores para conferir um toque masculino. As sobreposições são a regra, com muitas possibilidades de mix & match quer de padrões quer de texturas. Desenhos clássicos são apresentados em escalas exageradas enquanto outros reduzidos a proporções minúsculas.

Tendo a camisaria como centro das atenções, a VICRI não descura a originalidade na interpretação de outros clássicos masculinos como os blazers, apresentando-os com detalhes de construção originais. Os estampados, caraterística predominante na imagem da marca, são trabalhados em abordagens mais discretas e de efeitos texturados. Os jacquards são o must da temporada e aparecem trabalhados em quase todas as peças. Na gravataria, a marca apresenta uma nova abordagem, tratando a seda em formato híbrido cachecol/lenço dando ao utilizador a liberdade de escolher a sua utilização. Algodões, sedas, caxemiras e lãs virgens são predominantes, sendo estas transversais a todas as peças. Os pelos falsos aparecem para conferir um look mais quente.

No âmbito da inovação, que a marca não descura, foi adaptada a tecnologia POWER by VICRI, desenvolvida em parceria com o CENTI/CITEVE numa sobrecasaca de inverno. Esta tecnologia patenteada permite o fornecimento de energia extra para a alimentação de gadgets.

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção