Nacional
Redação Lux  com Vanessa Barros Cruz em 7 de Março de 2012 às 18:31
Estrelas da música cantam contra a leucemia
«Vai ser um concerto irrepetível», afirmou Rui Veloso, a cargo de quem está a direção artística do espetáculo «Primavera da Vida» - 5º Concerto Contra a Leucemia, a ter lugar a 19 de abril, no Pavilhão Atlântico, em Lisboa, e com transmissão na RTP.

Em palco, o pai do rock português vai cantar ao lado de Camané, Luís Represas, Carminho, João Gil, Boss AC, a Orquestra Filarmónica das Beiras.

E porque faz questão de tornar o concerto «mais informal» e aberto a pessoas de outros países que também usufruem dos cuidados do IPO, convidou ainda o angolano Paulo Flores e a cabo-verdiana Nancy Vieira.

«Pensei em nomes que já tinham participado nos outros concertos, em nomes bons, de quem gosto, e que admiro. O Paulo [Flores] nem precisou que lhe explicasse para que era. Aceitou logo», disse o cantor à Lux.

A iniciativa pertence à Associação Portuguesa Contra a Leucemia [APCL]. Para o seu presidente, Manuel Abecasis, é inegável o grande contributo de Rui Veloso, principalmente numa altura em que foi «difícil encontrar patrocinadores». Daí que tenham adiado o espetáculo cerca de um ano.

«Felizmente encontrámos por parte das entidades, como o Pavilhão Atlântico, uma grande abertura», salientou aquele médico do IPO, falando durante a apresentação do evento, que teve lugar na Fundação Champalimaud, em Lisboa.

As receitas revertem todas para a APCL, que desde 2002 já contribuiu com perto de 1,5 milhão de euros para a atribuição de bolsas de investigação, apoios sociais aos hospitais e a doentes com leucemia com recursos económicos reduzidos. E ainda para o Centro Nacional de Dadores de Medula Óssea (CEDADE).

Nos últimos anos, o CEDADE registou um aumento significativo do número de dadores, que chegam perto dos 300 mil. Brevemente contará com mais uma - Catarina Furtado.

«Já me informei hoje, e disse que quero também ser dadora de medula óssea», afirmou a apresentadora, que vai conduzir o espetáculo com transmissão na RTP.

Todos os anos, em Portugal, aparecem cerca de mil casos de leucemia.
Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
pub
Outros títulos desta secção