Nacional
Redação Lux em 19 de Junho de 2017 às 11:24
Lux Bastidores: Enquanto aguardam pelo 'ação!'

Não é só trabalho árduo e muitas horas de gravações que caracterizam a novela da TVI, “Ouro Verde”. Também as divertidas pausas da novela da estação de Queluz fazem parte de um dia intenso de gravações. E foi exatamente num desses momentos que surpreendemos alguns dos atores de “Ouro Verde”. Para além do merecido descanso, e alguma diversão à mistura, muitos dos atores aproveitam para estudar os textos e preparar as cenas que se seguem.

“Saber o textinho, ter o personagem bem trabalhado, tudo isto é trabalho que se faz previamente. Depois, no dia a dia, convém saber o texto. Chegando ao estúdio é ver quais são as condicionantes, o que é que a contracena nos dá e depois fazemos uma espécie de saladinha”, disse Nuno Homem de Sá na pausa de uma das cenas em que contracenava com Isabel Medina.

Fora dos estúdios, o ator juntou-se a Fredy Costa e seguiu-se um curto diálogo entre os dois atores.

“Aproveito estas pausas para rever os textos. Hoje estou com 22 cenas e tenho de estar bem preparado para as enfrentar. É importante fazer a revisão para não falhar na altura de gravar”, disse Fredy Costa, acrescentando ainda: “Prefiro isolar-me quando é assim, mas às vezes na sala de atores, ou cá fora, não tenho essa hipótese. Gravo oito a nove horas por dia e é um ritmo puxado. Para aquelas pessoas que normalmente se sentam no sofá para assistir à novela, acham que é tudo muito simples, mas não é, é extremamente intensivo e não é fácil, mas quando se gosta do que se faz não se sente o cansaço.”

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção