Notícias
Leonardo DiCaprio volta a apontar o dedo a Bolsonaro por causa da Amazónia
Leonardo DiCaprio - 41º Festival Internacional de Cinema de Toronto (TIFF), em Toronto, no Canadá 09.09.16 Foto: Reuters
Redação Lux em 18 de Agosto de 2020 às 17:49

Leonardo DiCaprio voltou a questionar Jair Bolsonaro pelas suas ações ambientais.

O ator partilhou uma notícia divulgada pelo jornal “The Guardian” sobre a  desflorestação na Amazônia.

“Dados preliminares indicam aumento de 7% em agosto. O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, está sob pressão internacional para inibir as queimadas, mas duvidou publicamente delas no passado, culpando oponentes e comunidades indígenas”, criticou o ator.

“Os focos de incêndio no ano passado foram devastadores o suficiente, mas com o clima mais seco deste ano até agora, há preocupação de que o desmatamento no Brasil não esteja a chamar atenção suficiente”, ironizou.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

From The @Guardian: The number of fires burning in Brazil's Amazon in July was up 28% on the same month last year, according to data from Brazil's space research agency INPE. Early numbers for August also show a 7% increase. Brazil's president, Jair Bolsonaro, is under pressure internationally to curb the fires, but he has publicly doubted the severity of them in the past claiming opponents and indigenous communities were responsible. Last year's Amazon wildfires were devastating enough, but with the weather being drier this year so far, as well as the Coronavirus pandemic which has killed more than 99,000 Brazilians, there is growing concern that the ongoing deforestation isn't getting enough attention. . . . . . . #Brazil #Amazon #Rainforest #Wildfires #Deforestation

Uma publicação partilhada por Leonardo DiCaprio (@leonardodicaprio) a

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
pub
Outros títulos desta secção