Internacional
Baixista dos Maroon 5 preso por violência doméstica
Maroon 5 - 2016 American Music Awards em Los Angeles 20.11.16 Foto: Reuters
Redação Lux em 3 de Julho de 2020 às 17:00

O baixista dos Maroon 5, Michael "Mickey" Madden, foi preso por violência doméstica, em Los Angeles.

O músico de 41 anos foi libertado poucas horas depois em troca de uma fiança de 50 mil dólares mas será responsabilizado perante o tribunal no próximo dia 29 de setembro.

Desconhecem-se detalhes da acusação que sabe apenas ter sido feita por alguém "do foro íntimo", segundo a People.

"Estamos profundamente decepcionados com esta notícia. Quanto mais aprendemos, mais esperamos para ver como esses eventos evoluirão. Por enquanto, estamos a dar a todos os envolvidos o tempo que eles precisam para resolver os seus problemas", comunicaram os Maroon 5 - atualmente compostos por Adam Levine, Jesse Carmichael, James Valentine, Matt Valentine, Matt Flynn, PJ Morton e Sam Farrar.

Esta não é a primeira vez que Mickey Madden enfrentaa justiça. Em janeiro de 2016, o baixista de Austin, Texas, foi preso depois de dar cocaína a James Gubelmann - ex de Ivanna Trump - ao ar livre, em frente a um bar em Manhattan.

Foi acusado de posse de substâncias ilícitas e aceitou um acordo com base em  serviço comunitário para retirar as acusações.

 

 

 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
pub
Outros títulos desta secção