PUB
PUB
Internacional
Johnny Depp consegue pequena vitória na sua luta contra as acusações de agressão da ex-mulher
Johnny Depp - "Murder on the Orient Express" no Albert Hall em Londres 02.11.17 Foto: Reuters
Redação Lux em 5 de Novembro de 2021 às 11:36

Depois de uma dolorosa derrota em Londres há um ano, Johnny Depp continua a sua batalha legal contra a ex-mulher Amber Heard tentando provar que não a agrediu.

O ator de 58 anos acaba de conquistar uma pequena vitória no tribunal conseguindo autorização de acesso ao telefone da ex-mulher. Os advogados esperam com esse acesso poder provar que a atriz mentiu sobre a agressão que diz ter sofrido em 2015 em Los Angeles, alguns meses após o casamento e um ano antes do divórcio.

Acusado de violência doméstica, Johnny Depp afirma que Amber Heard falsificou as fotos em que aparece com com marcas de agressão. 

“O advogado da Sra. Heard usou repetidamente essas fotos falsas durante o depoimento”, disse o advogado do ator no Tribunal do Condado de Fairfax, Virgínia, citado pela Page Six - acrescentando que a polícia de Los Angeles entrou no local depois da suposta agressão física e não encontrou vestígios de agressão em Amber Heard. Essas fotos serão, em breve examinadas por um especialista.

 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

PUB
pub
PUB
Outros títulos desta secção