Internacional
Redação Lux em 7 de Outubro de 2019 às 15:28
Ex-mulher do rei da Malásia soube do divórcio pela Internet
1/3 - Muhammad V e Oksana Voevodina
2/3 - Oksana Voevodina e Mohammed V, rei da Malásia.
3/3 - Oksana Voevodina e o filho, Leon

A ex miss Moscovo Oksana Voevodina quebrou o silêncio e falou pela primeira vez sobre a separação de Mohammed V, rei da Malásia.

Recorde-se que, há um ano, em junho de 2018, o rei abdicou do trono para se casar com a modelo 23 anos mais nova, mas um ano depois, em junho, e apenas um mês após o nascimento do primeiro filho, Leon, o rei tornou pública a separação, oficializada no dia 1 de julho.

Através dos seus assessores, o rei comunicou a decisão questionando, inclusive, a paternidade de Leon.

O divórcio foi decretado através de um mecanismo da lei muçulmana conhecido como "triplo talaq", pelo qual os homens podem se divorciar dizendo a palavra "talaq" ("divórcio" em árabe) três vezes. Um talaq triplo, em oposição a um único talaq, é considerado a forma mais severa de divórcio sob jurisprudência islâmica, porque o casal não pode se reunir a menos que a mulher se case com outro homem, consuma o casamento e depois se divorcie dele.

Oksana, de 27 anos, por sua vez, continuou a alimentar as redes sociais com imagens antigas tentando projetar uma imagem de um casamento feliz.

Este mês, a russa concedeu uma entrevista ao Daily Mail, onde reclama que só soube do divórcio através da Internet porque Mohammed V a abandonou em dezembro e, desde então, não teve qualquer contacto com o marido.

A modelo, que está na Rússia com o filho, disse ainda que a divulgação online da certidão de divórcio foi "um ato de provocação".

A ex miss acrescentou que o bebé é filho do rei ressaltando as impressionantes parecenças e mostra-se disponível para realizar um teste de ADN.

"Não sei o que aconteceu exatamente, porque tudo estava bem, estávamos à espera do nosso primeiro bebé e ainda agora não entendo a verdadeira razão por que me fez isto", lamentou.

 
Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
pub
Outros títulos desta secção