PUB
PUB
Internacional
Armie Hammer: acusações de canibalismo e restos mortais encontrados
Armie Hammer - Estreia de «Rei Arthur Lenda da Espada em Hollywood 08.05.17 Foto: Reuters
Redação Lux em 10 de Fevereiro de 2021 às 16:00

A história dos alegados rituais de canibalismo de Armie Hammer continua a ganhar contornos desconcertantes.

Em 28 de agosto, pouco mais de um mês depois de formalizar o seu divórcio de Elizabeth Chambers, Armie Hammer revelou aos seus seguidores do Instagram que morava e trabalhava há dois meses com um dos seus melhores amigos, de nome Ashton Ramsey, na construção de um hotel na cidade de Twentynine Palms, perto do Parque Nacional Joshua Tree, na Califórnia.

Perto deste local foram encontrados, no dia 31 de janeiro, restos mortais que pertenceriam a uma ou mais mulheres que as autoridades deverão agora identificar e está a ser sugerida uma ligação desses ossos com a presença do ator próximo do Parque Nacional no mesmo período.

Recorde-se que foi no início de janeiro que Armie Hammer, de 34 anos, se viu envolvido numa grande polémica após terem sido postas a circular nas redes sociais mensagens que alegadamente trocou com uma mulher.

Os prints retirados de conversas por mensagem direta no Instagram, evocam rituais de canibalismo: "É assustador admitir isso. Nunca admiti antes. Eu já tirei o coração de um animal vivo e comi enquanto estava quente".

Muitos punham em causa estas mensagens. No entanto, estas ganharam mais peso quando a escritora Jessica Ciencin Henriquez, apontada como affair de Armie Hammer em setembro de 2020, logo após o seu divórcio com Elizabeth Chambers, veio declarar que as mensagens são reais.

"Se ainda estão a questionar se as DMs de Armie Hammer são reais - e acredite, são -, talvez devam começar a questionar por que vivemos numa cultura disposta a dar aos abusadores o benefício da dúvida em vez de dar isso às vítimas", declarou citada pelo site JustJared.

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

PUB
pub
PUB
Outros títulos desta secção