Internacional
Redação Lux em 11 de Setembro de 2011 às 09:02
11 de setembro: monumento às vítimas tem assinatura portuguesa
Dez anos depois do ataque terrorista, o Ground Zero veste-se de verde, num projecto do arquitecto português Luís Mendes.

Numa homenagem às 3000 vítimas, será inaugurado este domingo um memorial e um museu com fotos, depoimentos e objetos doados pelas famílias que perderam alguém nesse dia.

Entre as 400 árvores plantadas foram construídos dois espelhos de água, no mesmo lugar onde estavam as torres, uma noção de ausência no ambiente - daí o nome, Refletindo a Ausência.

Nos parapeitos em volta das cascatas foram inscritos, em placas de bronze, os nomes das vítimas.
Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
pub
Outros títulos desta secção