Internacional
Lindsay Lohan em tribunal por ter recebido 300 mil euros por um livro nunca escrito
Atriz Lindsay Lohan - Evento amfAR's Cinema Against AIDS 2017 (25.05.17) Foto: Reuters
Redação Lux em 11 de Setembro de 2020 às 14:49

Lindsay Lohan, de 34 anos, é alvo de um processo interposto pela editora HarperCollins. A editora reclama um adiantamento de cerca de 300 mil euros por um manuscrito da sua autobiografia, que deveria ter sido entregue em maio de 2015.

A editora acusa a atriz de nunca ter produzido uma página, apesar do significativo adiantamento que teria recebido para o fazer e reclama a sua devolução, com juros e pagamento dos honorários do advogado envolvido no processo.

Segundo o TMZ, Lindsay Lohan assinou um contrato com a editora em março de 2014 para o lançamento do livro baseada no diário que manteve em 2013 enquanto esteve em reabilitação, com promessa de entrega no dia 15 de maio de 2015.

A atriz foi informada da quebra do contrato em setembro de 2018, com pedido de devolução da soma mas ignorou os procedimentos resultando agora na ação judicial interposta.

 

 

 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
pub
Outros títulos desta secção