PUB
PUB
Internacional
Charlene do Mónaco paga para acompanhar o marido nos atos oficiais?
Charlene e Alberto do Mónaco com Gabriella e Jacques no E-Prix do Mónaco de Fórmula E Foto: Palais Principier
Redação Lux em 13 de Maio de 2022 às 17:36

Um novo rumor ensombra a família real monegasca. A revista Voici adianta que, após um ano de ausência, o regresso de Charlene ao Mónaco (a 30 de abril no E-Prix de Mónaco), se fez depois de assinar um contrato ultraconfidencial. Entre as condições desse contrato, publicadas na edição da Voici do dia 6 de maio, estão "12 milhões de euros por ano" para acompanhar o príncipe Alberto nos atos oficiais.

Apesar do Palácio não ter reagido aos boatos, familiares do casal monegasco não deixaram de reagir a esta informação, de forma a desmenti-la.

Uma fonte próxima de Charlene do Mónaco declarou à Page Six: "É claro que ela tem um acordo pré-nupcial generoso, mas Alberto não precisa de pagar-lhe para ela ficar. Depois de ficar tanto tempo afastada durante a doença, Charlene está muito feliz por estar de volta com Alberto e as crianças. Eles passam todos os fins de semana na sua casa de campo. Alberto apoia totalmente Charlene e também a ajuda com as suas obras de caridade".

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

PUB
pub
PUB
Outros títulos desta secção