PUB
PUB
Internacional
Amber Heard: Juíza nega pedido novo julgamento com Johnny Depp
Amber Heard - Gala Glamour Women of the Year Awards em Los Angeles 14.11.16 Foto Reuters
Redação Lux em 15 de Julho de 2022 às 18:18

Amber Heard, condenada por difamação a pagar a pagar 15 milhões de dólares (cerca de 14,1 milhões de euros) - 10 milhões em indemnização por danos e cinco milhões de multa ao ex-marido Johnny Depp, e que lamentou a decisão do tribunal considerando que o veredicto foi um retrocesso à liberdade das mulheres, viu negado o seu pedido para um novo julgamento.

A juíza americana Penney Azcarate indeferiu esta quarta-feira, dia 13 de julho, a ação interposta pela atriz que pedia a anulação do veredicto  por dúvidas sobre a identidade de uma das pessoas que integrou o júri.

A juíza Penney Azcarate, que presidiu o julgamento na corte de Fairfax, perto de Washington, considerou que Heard não foi prejudicada.

Recorde-se que no dia 1 de junho, Johnny Depp venceu o processo em que acusava a ex-companheira Amber Heard de difamação. O júri considerou que a atriz agiu com "malícia real", indicando convicção de que a artista fez declarações sabendo que eram falsas.

"Há seis anos, a minha vida, a vida das minhas crianças, a vida dos que me são mais próximos e as vidas de muitos que, durante muitos anos, me apoiaram e acreditavam em mim, foram mudadas para sempre. Tudo num abrir e fechar de olhos. Falsas, muito sérias e criminais acusações foram levantadas contra mim pelos média, que desencadearam um interminável bombardeamento de conteúdo de ódio, quando nunca fui acusado formalmente de nenhum crime. Já tinham dado duas voltas ao mundo, num nanossegundo, quando teve um impacto sísmico na minha vida e na minha carreira. Seis anos depois o júri deu-me a minha vida, sinto-me honrado e grato. O meu objetivo era mostrar a verdade, independentemente da decisão final. Devia isso à minha família e aos que me apoiam. Sinto-me em paz ao saber que consegui isso. Estou, e sempre estive, espantado com o amor e o apoio colossais que tive, e a bondade que senti vinda de todo o mundo. Espero que a minha demanda pela verdade ajude outros, homens ou mulheres, que se encontrem na mesma situação que eu me encontrei. O melhor está para vir e um novo capítulo começou, finalmente. A verdade nunca perecerá", declarou Johnny Depp

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

PUB
pub
PUB
Outros títulos desta secção