PUB
PUB
Internacional
Antigo primeiro-ministro Dries Van Agt, e a mulher, Eugenia, decidiram morrer juntos aos 93 anos
Dries Van Agt
Redação Lux em 16 de Fevereiro de 2024 às 12:05

Dries Van Agt, antigo primeiro-ministro dos Países Baixos, e a mulher, Eugenia, decidiram morrer juntos aos 93 anos com recurso à eutanásia.

Ambos com 93 anos, enfrentavam problemas de saúde - nomeadamente Van Agt sofreu uma hemorragia cerebral em 2019 enquanto discursava num evento de comemoração aos palestinianos e nunca recuperou totalmente.

A The Rights Forum, organização de direitos humanos fundada por Van Agt informou que:  “Ele morreu de mãos dadas com a sua amada esposa, Eugenie van Agt-Krekelberg, o apoio e âncora com quem esteve durante mais de 70 anos e a quem sempre continuou a referir-se como 'a minha miúda’”.

Van Agt foi primeiro-ministro dos Países Baixos de 1977 a 1982, depois de servir como ministro da Justiça em três governos anteriores. Foi ainda como Embaixador da União Europeia nos Estados Unidos entre 1990 e 1995.

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

PUB
pub
PUB
Outros títulos desta secção