Internacional
Redação Lux em 16 de Maio de 2017 às 12:56
Nova Miss Estados Unidos é negra e cientista nuclear

Aos 25 anos, Kara McCullough foi coroada Miss Estados Unidos 2017. No passado domingo, em Las Vegas, venceu 50 candidatas ao título, em representação do distrito da Columbia.

Mas numa competição onde a beleza é determinante, Kara destacou-se também por outros factores. Um deles foi o seu percurso profissional - é licenciada em Química e trabalha na Comissão Reguladora Nuclear dos EUA. 

Também as respostas que deu às perguntas do concurso foram controversas, e deram que falar. Kara considera, por exemplo, que o acesso à saúde não é um direito, mas algo que se conquista por meio do trabalho. Quanto ao feminismo, a Miss EUA diz que é uma convicção intransigente, e apesar de os dados da Associação Americana de Mulheres Universitárias provar o contrário, Kara acredita que "as mulheres são iguais aos homens no mercado de trabalho". Declarações características de uma posição política de direita.

A data ainda não foi confirmada; certo é que Kara McCullough vai representar o país no concurso Miss Universo 2018.

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
pub
Outros títulos desta secção