Internacional
Redação Lux em 16 de Setembro de 2020 às 10:00
The Whale, um museu semi-submerso para observação de baleias
1/4 - The Whale - Andenes, Noruega Foto: DR
2/4 - The Whale - Andenes, Noruega Foto: DR
3/4 - The Whale - Andenes, Noruega Foto: DR
4/4 - The Whale - Andenes, Noruega Foto: DR

Chama-se "The Whale" (A baleia) e tem inauguração prevista para 2022.

O museu situa-se em Andenes, uma vila costeira que recebe cerca de 50.000 visitantes a cada ano pelas oportunidades de observação de baleias de classe mundial e que é considerada um dos melhores lugares do mundo para observar baleias em migração. A estrutura em curva assemelha-se a a uma rocha gigante  e funcionará como observatório privilegiado da espécie e como miradouro na zona que é de passagem migratória de baleias-anãs com o objetivo de  “criar consciência e inspirar a aprendizagem e a conservação das baleias e do seu ambiente.

Por causa da localização da ilha a cerca de 184 milhas ao norte do Círculo Polar Ártico, as águas frias e profundas ao redor atraem lulas abundantes, que por sua vez atraem um grande número de baleias para as áreas ao largo da costa. É possível avistar baleias-piloto, minke e cachalotes perto de Andenes de junho a agosto e, durante o inverno, orcas e baleias jubarte migram através dos fiordes de Vesterålen, bem como através do arquipélago de Lofoten, localizado logo ao sul.

O impressionante edifício à beira-mar foi projetado pelo estúdio de arquitetura Dorte Mandrup, com sede em Copenhaga.

 

 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
pub
Outros títulos desta secção