Internacional
Gerry McCann nega ter recebido carta a dizer que Maddie está morta
Kate e Gerry McCann em entrevista para a BBC - abril de 2017 Foto: Reuters
Redação Lux em 17 de Junho de 2020 às 13:00

Gerry McCann desmente ter recebido uma carta das autoridades alemãs a confirmar que o alemão Christian Brueckner terá assassinado a filha, que desapareceu da Praia da Luz, em 2007.

“A notícia amplamente divulgada de que recebemos uma carta da polícia alemã a dizer que a Maddie está morta é mentira“, escreveram Kate e Gerry numa carta citada pelo Mirror, onde acrescentam que este tipo de “histórias sem substância” só servem para criar “ansiedade desnecessária à família”.

Ainda para mais num momento frágil, depois de Eileen McCann, mãe de Gerry, ter morrido, aos 80 anos, vítima de Covid-19.

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
pub
Outros títulos desta secção