PUB
PUB
Internacional
Príncipe André: Justiça britânica valida queixa por abusos sexuais
Príncipe André (2) - Família real inglesa assiste a missa pascal no Castelo de Windsor Foto: Reuters
Redação Lux em 17 de Setembro de 2021 às 11:09

O tribunal britânico validou a denúncia de uma das supostas vítimas do príncipe André no caso Jeffrey Epstein.

O filho da Rainha Elizabeth II é acusado de ter e agredido sexualmente uma adolescente, menor de idade na época. O escândalo em torno do milionário, suspeito de controlar um esquema de tráfico sexual e que se suicidou na prisão onde estava detido em 2019, implicou o príncipe André num tortuoso esquema de velhos homens de negócios e outras pessoas influentes com raparigas menores em ambientes de luxo.

A principal cúmplice e recrutadora de Epstein, Ghislaine Maxwell, será julgada a partir de 29 de novembro em Nova Iorque e a justiça britânica está encarregada do processo contra André de Inglaterra, que era seu amigo próximo.

A 15 de setembro de 2021, a queixa de uma vítima foi validada por um tribunal britânico e o príncipe André notificado. Oficialmente, a denúncia foi entregue a 27 de agosto no Castelo de Windsor, em Londres, mas, conforme relatado pela AFP, que cita a imprensa britânica, o filho da Rainha está atualmente no Castelo Balmoral, na Escócia e ainda não recebeu a notificação.

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

PUB
pub
PUB
Outros títulos desta secção