Internacional
Cuba Gooding Jr. acusado de violação: 'Essas alegações são falsas'
Cuba Gooding Jr. - Prémios da Directors Guild of America (DGA) 04.02.17 Foto: Reuters
Redação Lux em 19 de Agosto de 2020 às 17:35

Cuba Gooding Jr. enfrenta um processo civil por atos de violação. Já indiciado sob acusações de usar a força em três mulheres - com julgamento adiado por causa da pandemia do coronavírus - o ator, de 52 anos, é agora também acusado de violar uma mulher em 2013.

A queixa foi registada  no dia 18 de agosto de 2020. Nessa denúncia, registada no tribunal federal de Manhattan em Nova Iorque e citada por diversos meios de comunicação americanos, Cuba Gooding Jr. é acusado por uma mulher, que permanece anónima, de tê-la violado num hotel da Big Apple há 7 anos.

A queixosa diz que, depois de convidá-la para tomar uma bebida, o ator a levou para o seu quarto. Depois, apesar da mulher alegadamente ter dito que se queria ir embora,  começou a despir-se, empurrou-a para a cama e violou-a duas vezes, embora ela continuasse a pedir para parar.

"A nossa cliente faz denúncias muito graves contra Cuba Gooding Jr.  eestá ansiosa por obter justiça no tribunal”, disse à AFP Gloria Allred, advogada da suposta vítima.

"Essas alegações são falsas e perjúrio. Acreditamos que o caso será encerrado", disse o advogado do ator, Mark Jay Heller, à AFP.

 

 

 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
pub
Outros títulos desta secção