PUB
PUB
Internacional
Susan Sarandon serve às mesas para exigir salários dignos para a restauração
Susan Sarandon - 69th Primetime Emmy Awards 17.09.17 Foto: Reuters
Redação Lux em 21 de Maio de 2024 às 10:41

Susan Sarandon vestiu o uniforme de empregada de mesa da famosa pizzaria nova-iorquina Grimaldi’s e apresentou-se ao trabalho, numa manifestação de apoio para exigir salários dignos aos trabalhadores da restauração

A atriz de 77 anos, nascida em Nova Iorque, emprestou assim a sua popularidade à iniciativa ‘Servant for an Hour’ da One Fair Wage, uma organização não-governamental (ONG) que procura acabar com os salários “submínimos” no país.

“É claro que nada de importante veio de cima: sempre foi o povo. E é isso que temos que fazer: acordar o povo, porque juntos somos fortes”, frisou a vencedora do Óscar por ‘Dead Man Walking’ (1995) que chamou a atenção para o facto de os restaurantes em Nova Iorque só serem obrigados a pagar aos seus empregados de mesa 66% do salário mínimo, ou entre 10 e 13,45 dólares por hora, sublinhando que “mesmo na Florida aprovaram um mínimo de 15 dólares”.

Sarandon, a mais velha de nove irmãos e mãe solteira, revelou que foi empregada de mesa quando era mais jovem e que, por isso, tem empatia com a maioria das mulheres que compõem o mercado de trabalho na restauração.

 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

PUB
pub
PUB
Outros títulos desta secção