Internacional
Alejandro Sanz condenado a pagar mais de cinco milhões de euros
Alejandro Sanz copy - 18ª Gala dos Grammy Latinos em Las Vegas Foto: Reuters
Redação Lux em 23 de Setembro de 2019 às 13:08

Alejandro Sanz, de 50 anos, perdeu o recurso e foi condenado a pagar mais de cinco milhões de euros a Rosa Lagarrigue, a sua antiga agente.

Rosa Lagarrigue, que geriu a carreira do cantor"Corazón partío" durante 25 anos, processou o cantor em 2016 depois de ter sido apanhada de surpresa pela cessação unilateral do contrato e reclamava mais de nove milhões de euros por incumprimento de contrato. O  contrato com Alejandro Sanz tinha sido renovado em 2014 e só terminava em 2019.

"Ter de o processar foi o [acontecimento] mais triste da minha vida profissional. Estava tudo a correr bem. Terão de lhe perguntar a ele as razões para a cessação unilateral de contrato (...) Eu comecei a trabalhar com o Alejandro desde o zero, ainda ele era um rapaz de Moratalaz e vejam até onde é que ele chegou. Não tenho uma explicação. Foi uma rutura unilateral, apesar de termos um contrato vigente. É muito doloroso abordar este tema porque é uma coisa que nem sequer foi falada", lamentou publicamente a empresária espanhola .

 "A sentença ditada não é definitiva, sendo passível de recurso", refere o El País.

 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
pub
Outros títulos desta secção