PUB
PUB
Internacional
Axl Rose, vocalista dos Guns N' Roses, acusado de assédio sexual
Axl Rose (foto: Manuel Lino)
Redação Lux em 23 de Novembro de 2023 às 18:06

Axl Rose foi acusado de assédio sexual por uma ex-modelo da revista Penthouse. O caso remonta há 30 anos. De acordo com a revista Rolling Stone, que cita a ação judicial apresentada no Supremo Tribunal de Nova Iorque, Sheila Kennedy alega ter sido vítima de assédio sexual no quarto de hotel de Axl Rose, depois de se terem conhecido numa discoteca em Nova Iorque, em 1989, quando tinha 26 anos.

Esta acusação foi movida no âmbito da Lei dos Sobreviventes Adultos, uma lei do Estado de Nova Iorque que permite que adultos sobreviventes de crimes de má conduta sexual processem os perpetradores – e as instituições que os permitiram – em tribunais civis, independentemente de há quanto tempo estes incidentes ocorreram. A lei, que está em vigor desde o dia 24 de novembro de 2022, expira esta sexta-feira, dia 24 de novembro.

Sheila Kennedy diz que foi convidada para uma festa no quarto de hotel de Axl Rose, juntamente com outra modelo, Riki Rachtman (que ainda não se pronunciou sobre esta acusação).  A então modelo relata no processo que ao sair da casa de banho quando Axl  a "empurrou contra a parede e beijou-a". Segundo os documentos, contudo, confessa que achava Axl Rose atraente e não se importou com esta situação porque estava disposta a dormir com ele. No entanto, diz que não consentiu na relação sexual que veio a acontecer mais tarde quando já tinha saído do quarto do cantor. Sheila descreve que foi agarrada no corredor e arrastada pelo cabelo até ao quarto. 

"[Sheila] Kennedy não consentiu e sentiu-se sem qualquer poder. Sentiu que não tinha qualquer possibilidade de saída e foi obrigada a consentir. Acreditava que [Axl] Rose a atacaria fisicamente, ou pior, caso dissesse não ou tentasse afastá-lo. Entendeu que o mais seguro a fazer era deitar-se na cama e esperar que Rose acabasse de a agredir", refere a acusação citada.

Sheila Kennedy clama que esta agressão comprometeu a sua carreira e que sofre de ansiedade, depressão e stress pós-traumático cada vez que ouve o nome Axl Rose ou uma música dos Guns N'Roses e pede uma indemnização não especificada a determinar pelo tribunal.

 

O cantor ainda não se pronunciou sobre o acusação em causa.

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

PUB
pub
PUB
Outros títulos desta secção