Internacional
Angelina Jolie fala pela 1ª vez sobre separação de Brad Pitt
Angelina Jolie com os seis filhos - antestreia do filme "First They Killed My Father" - Festival de Cinema de Toronto 11.09.17 Foto: Reuters
Redação Lux em 24 de Junho de 2020 às 11:00

Angelina Jolie e Brad Pitt separaram-se em 2016 após 12 anos juntos. Na altura, a agressividade de Brad Pitt, nomeadamente para com o filho Maddox, veio a público e, embora o ator tenha reconhecido os seus problemas com o álcool - e seguido tratamento - Angelina nunca falou sobre as razões da separação.

À revista Vogue britânica, a atriz que fez 45 anos no dia 4 de junho, confessou que a separação aconteceu por causa dos filhos.

Angelina e Brad Pitt são pais de Knox, de 11 anos, Vivienne, de 11 anos, Shiloh, de 14 anos,  Zahara, de 15 anos, Pax, de 16 anos, e Maddox, de 18 anos.

"Separei-me pelo bem-estar da minha família. Essa foi a decisão certa. Continuo focada na recuperação deles. Alguns aproveitaram-se do meu silêncio, e as crianças vêem mentiras sobre si mesmas nos emdia, mas lembro-as que elas conhecem a sua própria verdade e as suas próprias mentes. Na verdade, são seis jovens muito corajosos e muito fortes", afirmou a atriz.

A atriz falou sobre a forma como aborda a adoção com os filhos:

"Cada modo é uma linda forma de formar uma família. O que importa é falar com honestidade sobre tudo e compartilhar. "Adoção" e "orfanato" são palavras positivas no nosso lar. Com os meus filhos adotivos, eu não posso falar de gravidez, mas falo-lhes com muitos detalhes e amor sobre a jornada de os encontrar e como foi olhar nos olhos deles pela primeira vez".

 

 

 

 

 

 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
pub
Outros títulos desta secção