Internacional
Justiça para George Floyd: homem negro assassinado pela polícia de Minneapolis
George Floyd foi assassinado pela polícia de Minneapolis
Redação Lux em 27 de Maio de 2020 às 09:40

O mundo está em choque com as imagens que mostram Derek Chauvin, um polícia de Minneapolis , a pressionar o joelho no pescoço de George Floyd, enquanto este suplicava para o polícia parar, dizendo que não conseguia respirar e sentia muita dor.

No vídeo, várias testemunhas imploraram para o polícia parar mas este mantém o joelho no pescoço de Floyd durante 10 minutos, até mesmo depois de Floyd desmaiar. O parceiro de Chauvin, Tou Thao, não intervem para parar a agressão.

O  alegado “crime” de George Floyd, de 46 anos, foi usar um cheque falso para tentar comprar alimentos.

Esta morte brutal recebeu ampla condenação dos polícias depois de um vídeo, que mostra parte da detenção, ter sido posto a circular nas redes sociais e atraiu centenas de pessoas às ruas de Minneapolis na terça-feira, dia 26 de maio, em protesto. "Justiça para George Floyd", pedem.

Artistas como Madonna mostram a sua revolta com este episódio exigindo o fim do racismo na América.

"Este agente sabia que estava a ser filmado e assassinou-o com arrogância e orgulho. Isso tem que parar !! Até que possamos superar o racismo na América - ninguém deve ser portador de arma. Acima de tudo, polícias. Deus te abençoe George Floyd Sinto muito por você e pela sua família. E todos os assassinatos sem sentido que foram antes de você. Será que isso vai acabar? 🙏🏼 Peço a Deus que um dia. Até lá - foda-se a polícia! Sim, eu disse isto. Não estou interessado em ser PC (politicamente correta). Estou interessada em Justiça. @shaunking #georgefloyd #justice #guncontrol"

Segundo reporta a CNN, quatro policia de Minneapolis foram demitidos pelo envolvimento na morte George Floyd. O FBI está a investigar o incidente.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
pub
Outros títulos desta secção