PUB
PUB
Internacional
Felicity Huffman conclui liberdade condicional no caso da fraude de acesso à Universidade
Felicity Huffman 2 - Os penteados que brilharam nos Globos de Ouro 2016 Foto: Reuters
Redação Lux em 27 de Outubro de 2020 às 09:00

Felicity Huffman já concluiu totalmente o tempo da sua liberdade condicional na condenação por suborno na admissão à faculdade.

A estrela da série "Donas de Casa Desesperadas", de 57 anos, mãe de Sofia, de 19, e Georgia, de 18, com o marido William H. Macy, 70 - terminou o seu prazo de  liberdade supervisionada da sua condenação, que incluiu 250 horas de serviço comunitário. Segundo oTMZ, Huffman agora já pode usar o seu passaporte e viajar, embora a sua condenação por crime nos estados possa complicar a entrada em certos estados.

Recorde-se que a atriz cumpriu 11 dias de prisão numa prisão federal em Dublin, na Califórnia, em outubro de 2019.  A atriz também foi multada em 30.000 dólares depois de admitir que pagou 15.000 dólares para que um inspetor corrigisse as respostas erradas nos exames da sua filha Sofia.

Huffman admitiu ter pago as admissões ao oficial William Singer  através da sua organização sem fins lucrativos Key Worldwide Foundation, que as autoridades disseram ter sido criada como uma fachada para aceitar subornos.

"Eu infringi a lei", disse ela após sua sentença. - Eu admiti isso e me declarei culpada deste crime. Não há desculpas ou justificativas para minhas ações. Ponto final ... eu estava com medo. Eu fui estúpida e estava tão errada".

 

 

 

 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

PUB
pub
PUB
Outros títulos desta secção