PUB
PUB
Internacional
Xuxa pede desculpa por sugerir usar presos como cobaias
Xuxa
Redação Lux em 29 de Março de 2021 às 17:00

Xuxa Meneghel recebeu uma chuva de críticas por ter sugerido que a população presidiária fosse usada para testagem de vacinas em formato em vez de animais.

As suas declarações foram proferidas numa conversa ao vivo no instagram no perfil da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj).

"Acho que, com remédios e outras coisas, eu tenho um pensamento que pode parecer muito ruim para as pessoas, desumano... Na minha opinião, existem muitas pessoas que fizeram muitas coisas erradas e estão aí pagando seus erros para sempre em prisões, que poderiam ajudar nesses casos aí, de pessoas para experimentos (...) Acho que pelo menos serviriam para alguma coisa antes de morrer, para ajudar a salvar vidas com remédios e com tudo. Aí vem o pessoal dos Direitos Humanos e dizer que não podem ser usados. Mas se são pessoas que está provado que irão passar sessenta, cinquenta anos na cadeia e que irão morrer lá, acho que poderiam usar ao menos um pouco da vidas delas para ajudar outras pessoas. Provando remédios, vacinas, provando tudo nessas pessoas", disse a apresentadora.

Xuxa, contudo, retificou a sua posição: "Foi bem errado! Hoje são mais ou menos 2h da manhã do dia 27 de março, dia do meu aniversário. Estou aqui pedindo desculpa a todos vocês. Eu que não usei as palavras certas", afirmou - "Pensei uma coisa, pensei muitas coisas, quis falar sobre muitos assuntos e não fugir do assunto, que era os maus tratos dos animais e também fiz a mesma coisa: também julguei, maltratei..."

"Algumas pessoas falaram que eu falei de negros, pobres, presidiários presos e não foi isso o que eu pensei. O que veio na minha cabeça foi uma pessoa que estupra uma criança, que fica anos em um presídio poderia pensar em ajudar outras pessoas de alguma maneira", explicou a apresentadora que fez 58 anos.

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

PUB
pub
PUB
Outros títulos desta secção