Internacional
Jenny McCarthy afirma que não é anti-vacinas
Jenny McCarthy
Redação Lux  com AA em 13 de Abril de 2014 às 12:47
A atriz Jenny McCarthy, mãe de uma criança autista, afirmou que nunca foi contra ou a favor das vacinas, depois de se ter envolvido numa polémica sobre se as vacinas causam autismo em crianças.

Numa coluna no jornal Chicago-Sun Times, a atriz declarou: «Não sou contra vacinas. Isto não é uma mudança no meu posicionamento ou uma nova posição que adotei recentemente. Durante anos, disse repetidamente que sou, de fato, pró-vacinas e fui taxada erroneamente de anti-vacinas».

A atriz falou ainda sobre o filho, Evan, de 11 anos, que tem autismo: «O meu filho lindo, Evan, fez-me questionar a política de «o que vale para um, vale para todos» que é adotada no calendário de vacinação. Acredito na importância do programa de vacinação e acredito também que os pais têm o direito de escolher se os seus filhos tomam uma vacina. Nunca disse a ninguém para não tomar vacinas. Uma criança com gripe deve tomar seis injeções em apenas uma visita ao médico? Uma criança com o sistema imunológico comprometido deve ser tratada da mesma maneira que crianças saudáveis? Crianças com histórico familiar de reações a vacinas não deveriam ter um plano diferente, ou pelo menos o direito de fazer essas perguntas?».

Por fim, Jenny MacCarthy defende que: «Esta é uma discussão extremamente importante e fico pasmada que essas conversas sejam desconsideradas e negadas porque as respostas não são «preto no branco».
Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
pub
Outros títulos desta secção