Internacional
CBS proíbe atuação de Rihanna para travar escândalo de Ray Rice
Rihanna «quase nua» na entrega dos Prémios CFDA (Reuters)
Redação Lux em 17 de Setembro de 2014 às 11:52
A estação televisiva CBS proibiu a passagem de um tema de Rihanna no jogo dos Baltimore Ravens, ex-equipa de Ray Rice - o futebolista americano despedido por agredir a mulher.

Em causa está o facto de Rihanna ter sido vítima de violência doméstica em 2009 e a emissora ter partido do princípio que o seu nome remetia para o tema das violências conjugais.



O «incidente» aconteceu na última quinta-feira quando a CBS recusou-se a utilizar a música «Run this Town», de Rihanna com Jay-Z, na abertura da partida entre Pittsburgh Steelers e Baltimore Ravens. A cantora não gostou de ser excluída acusando a estação de censura nas redes sociais onde muitos se juntam para condenar também a atitude da televisão.

A CBS reconheceu que a cantora tinha alguma razão mas não retiriu a proibição. Alegou que precisava encontrar o «tom apropriado» depois da polémica de Ray Rice, cuja divulgação de um vídeo no qual agredia a noiva num elevador, correu o mundo.

O canal, porém, resolveu depois voltar a usar a música, mas aí Rihanna reagiu violentamente no twitter insultando a CBS. Poucas horas depois das mensagens da cantora, a CBS emitiu num comunicado a explicar que não passaria a música.



Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
pub
Outros títulos desta secção