Internacional
«Charlie Hebdo» regressa aos quiosques «sem medo» na quarta-feira
Charlie Hebdo esgotou mal saiu para as bancas Foto: Reuters
Redação Lux em 22 de Fevereiro de 2015 às 10:10
Quase dois meses após o ataque que dizimou a redação do Charlie Hebdo, em Paris, a publicação regressa aos quiosques esta quarta-feira, «independentemente das ameaças que pairam sobre o jornal», disse à Lusa Corinne Rey, sobrevivente do ataque de 7 de janeiro.

Em entrevista à Lusa por telefone, a desenhadora conhecida como «Coco» explicou que os colaboradores do Charlie Hebdo estão «sob proteção» [policial] e lembrou que «as ameaças contra Zineb El Rhazoui, contra Riss e contra o próprio jornal continuam presentes» mas insistiu na necessidade de «não ceder ao medo».

Lusa
Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
pub
Outros títulos desta secção