Internacional
Próxima edição do «Charlie Hebdo» terá três milhões de exemplares
«La vie de Mahomet», edição especial da «Charlie Hebdo» (foto Lusa/EPA/Yoan Valat)
Redação Lux  com CSS em 12 de Janeiro de 2015 às 18:00
A próxima edição do semanário satírico francês «Charlie Hebdo», que chega às bancas na quarta-feira (14), terá três milhões de exemplares, em vez do milhão inicialmente previsto, indicou a distribuidora do jornal.

O aumento da tiragem deve-se ao facto de a distribuidora, MLP (Messageries Lyonnaises de Presse), estar a receber grandes encomendas, não só de França mas também do estrangeiro, depois do atentado de quarta-feira passada à redação do Charlie Hebdo, em que dois jihadistas franceses mataram 12 pessoas, como vingança contra a publicação de 'cartoons' de Maomé.

As receitas da venda do primeiro milhão de exemplares desta edição, que está a ser feita pelos sobreviventes ao atentado e será novamente sobre Maomé, reverterão integralmente para o Charlie Hebdo, tendo a rede de distribuição aceitado trabalhar gratuitamente.

Lusa
Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
pub
Outros títulos desta secção