Internacional
Paul McCartney confessa-se nervoso pela actuação na Casa Branca
Paul McCartney (Reuters)
Redação Lux  com AM em 2 de Junho de 2010 às 12:26
Paul McCartney confessou, esta terça-feira, estar bastante nervoso por ir tocar para Barack Obama, que decidiu fazer uma homenagem aos Beatles e entregar-lhes o prémio Gershwin pela sua contribuição no mundo da música.

O ex Beatle, que confessou ser fã de Obama, ainda não acredita neste reconhecimento.

«Para um rapaz britânico, que cresceu em Liverpool, a Casa Branca é algo bastante especial», afirmou o cantor durante uma conferência de imprensa na Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos.

Paul McCartney actua na Casa Branca esta quarta-feira.
Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
pub
Outros títulos desta secção