Internacional
Monica Lewinsky quebra o silêncio sobre escândalo sexual com Bill Clinton
Monica Lewinsky (Foto: DR)
Redação Lux  com CSS em 6 de Maio de 2014 às 22:36
Passaram 16 anos desde que rebentou o escândalo sexual que envolveu Bill Clinton e Monica Lewinsky. Agora, a antiga estagiária da Casa Branca decidiu quebrar o silêncio.

«Fui, possivelmente, a primeira pessoa a sofrer humilhação global através da Internet. Talvez seja capaz de ajudar outros que estejam no seu momento mais negro de humilhação», afirmou Monica, em declarações à «Vanity Fair».

O chamado «Escândalo Lewinsky» rebentou no final da década de 90, após ser descoberto o envolvimento sexual entre Monica e o ex-presidente norte-americano. Na altura, a exposição mediática e o impacto que o escândalo teve na sua família quase a levou a acabar com a própria vida.

Em declarações à «Vanity Fair», Monica aproveitou ainda para mostrar o seu arrependimento: «Eu arrependo-me profundamente do que aconteceu entre mim e o presidente Clinton. Deixem-me repetir: Eu. Mesma. Arrependo-me. Profundamente».
Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
pub
Outros títulos desta secção