Internacional
Redação Lux em 17 de Março de 2015 às 10:39
Príncipe Harry deixa Forças Armadas após 10 anos de serviço militar
O príncipe Harry anunciou esta segunda-feira (16) que deixa as Forças Armadas. Após dez anos de serviço militar, que incluiu duas missões no Afeganistão, o filho mais novo do príncipe Carlos e Lady Di, revelou que irá sair das Forças Armadas já em junho após uma missão de quatro semanas com a Força de Defesa australiana.

"As experiências que tive ao longo dos últimos 10 anos vão ficar comigo para o resto da vida. Serei sempre extremamente grato por isso", disse Harry, de 30 anos, evidenciando que esta foi uma decisão "muito difícil".

Conhecido no Exército como capitão Harry de Wales, o príncipe iniciou o seu perscurso militar na Escola de Sandhurst em 2005 e  empreendeu a sua primeira missão no Afeganistão nos finais de 2007.

Harry fará ainda neste ano serviço de voluntariado para aprender mais sobre o trabalho de conservação na África subsaariana e voltará a trabalhar no Ministério da Defesa, em regime de voluntariado.

O neto da rainha Isabel de Inglaterra vai estar quatro semanas em Sydney, Darwin e Perth, onde participará num programa de exercícios em zonas urbanas e rurais (…) e atividades com comunidades indígenas, segundo o chefe das Forças de Defesa, Mark Binskin, ao canal ABC.

Binskin disse que o príncipe poderá ver “em primeira mão o trabalho que as Forças Australianas de Defesa realizam para dar apoio aos seus membros feridos, lesionados e doentes”.
Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
pub
Outros títulos desta secção