PUB
PUB
Notícias
. em 13 de Maio de 2024 às 13:31
Passar «Um dia e São Miguel» é viver o Alentejo e as suas tradições, em boa companhia

Dia 25 de maio, sábado, a Casa Relvas abre as portas da Herdade de São Miguel para receber amigos, clientes, e todos aqueles que, curiosos ou apaixonados pelo vinho e pelo Alentejo, queiram participar neste grande dia, Um dia em São Miguel. Depois de no ano passado o clima na região ter surpreendido tudo e todos, com a tão preciosa chuva, razão que levou a família Relvas a cancelar o evento, este ano estão reunidas todas as condições para receber os visitantes, e fazer deste dia uma verdadeira festa que celebra o Alentejo.

“Estamos muito contentes e ansiosos por mais um dia em São Miguel. É um dia único no ano, e muito especial para toda a equipa, pois conseguimos reunir não só a família que é a Casa Relvas, mas estar junto dos nossos clientes, amigos, parceiros, e todos que, como nós, amam o Alentejo e nos visitam com as suas famílias e amigos neste dia, com a certeza de uma tarde bem passada.”, refere Alexandre Relvas, CEO da Casa Relvas. “No ano passado, o clima forçou-nos a cancelar o evento, e por isso este ano estamos preparados para receber todos com todas as condições, e será um dia de festa, um dia de celebração do que o Alentejo tem de melhor. Além do nosso vinho, a gastronomia, o artesanato, a música, são elementos que criam um ambiente muito especial, e que traduzem a riqueza cultural da região. Queremos que esta data fique na memória de todos os que nos visitam, e por isso abrimos mais uma vez as portas da Herdade de São Miguel para esta grande festa”, conclui.

Com início pelas 14h00, e até ao pôr-do-sol, o convite é para passar uma tarde no campo, com a família e os amigos, e brindar ao melhor que o Alentejo tem para oferecer. Este é o programa de fim de semana perfeito para os amantes de vinhos – e gastronomia - e também para quem gosta de estar em boa companhia, ao ar livre, sempre com boa disposição e, claro, muita animação.

A Herdade de São Miguel, em Redondo, a apenas 1h30m de Lisboa, é o cenário perfeito para um dia muito bem passado. Das provas de vinho à gastronomia, dos jogos tradicionais à demonstração e exposição de artesanato da região, e aos diversos momentos musicais, muitas são as razões para ir até ao Alentejo, e viver junto com a família Casa Relvas um dia diferente e muito especial.

À chegada, os visitantes terão que apresentar uma pulseira à entrada do recinto, que pode ser comprada antecipadamente na loja online do produtor alentejano. O bilhete (pulseira) tem um custo de 20 euros por pessoa (os menores de 18 anos, acompanhados por adultos, têm acesso gratuito). Cinco euros do valor do bilhete reverterão para o Banco Alimentar Contra a Fome de Évora, Instituição Particular de Solidariedade Social, apoiada pela Casa Relvas, que luta contra o desperdício de produtos alimentares, encaminhando-os para distribuição gratuita a pessoas carenciadas neste distrito.

Para acompanhar os vinhos das gamas Herdade de São Miguel e Casa Relvas servidos no bar do recinto, o ingresso inclui também o saboroso porco no espeto. Os apreciadores dos sabores do Alentejo podem ainda petiscar outras iguarias regionais, adquirindo-as nos expositores dedicados à gastronomia, onde estarão disponíveis diversas sugestões de produtores locais. Dos queijos aos enchidos, passando pelo pão, mel, azeites, doces e gelados, não faltarão opções de propostas gastronómicas para saborear, e harmonizar, com as referências do produtor do Redondo.

Para além da mostra de produtos regionais, o espaço conta ainda com uma loja da Casa Relvas, onde será possível comprar merchandising, vinhos e diversos produtos da região, e onde podem ser adquiridas as senhas de consumo. Uma vez que o evento decorrerá no campo, nem sempre há rede multibanco, pelo que é aconselhável levar dinheiro para fazer as compras.

A pulseira inclui ainda a possibilidade de inscrição numa das quatro provas de vinho do programa do evento (sujeita a disponibilidade, uma vez que cada prova tem lotação limitada de 60 pessoas):

  • “Monocastas da Casa Relvas” (14h30), com Nuno Franco, diretor de enologia e viticultura da Casa Relvas;
  • “20 anos de Herdade de São Miguel” (15h30), com Alexandre Relvas, CEO da Casa Relvas;
  • “Sustentabilidade no Alentejo” (16h30), com João Barroso, Coordenador de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo;
  • Trincadeira, a mal-amada” (17h30), com João Paulo Martins, escritor e jornalista especializado na área dos vinhos.

Os interessados em participar nas provas devem fazer inscrição prévia – e gratuita – através do email carlota.paisdias@casarelvas.pt. Para que todos tenham oportunidade de se inscrever, o acesso é limitado a uma prova por pessoa.

“Um dia em São Miguel” é tempo que passa devagar em boa companhia, e para viver o Alentejo no seu melhor, o evento promovido pela Casa Relvas reúne um conjunto de momentos que traduzem a essência da região, e que proporcionam uma tarde bem passada. Jogos tradicionais para os mais pequenos, tosquia de ovelhas e a roda de oleiro do Xico Tarefa, com loiça típica do Redondo, são algumas das atrações principais. Mas os visitantes podem também ver de perto a pintura de mobília típica do Alentejo, as Ruas Floridas, com demonstração do trabalho local com flores de papel, e podem ainda gravar o nome num saca-rolhas personalizado para levar para casa como recordação.

Neste dia em que se celebra o Alentejo, não faltam também as atuações musicais a animar o ambiente. Das bandas locais, como os Trovadores de Redondo, ou o jazz que os SevenDixie tocam pelo recinto, a Casa Relvas promete muita animação. Ao final da tarde chega a vez de Luís Trigacheiro, amigo e parceiro da Casa Relvas, subir ao palco e pôr todos a cantar algumas das suas canções, momento que antecede uma surpresa que a família Relvas preparou para quem quiser ficar até ao pôr do sol, com a melhor música portuguesa.

A Casa Relvas desafia assim a uma tarde bem passada no Alentejo, na Herdade de São Miguel, onde pretende criar memórias, e promete despertar os cinco sentidos, com os sons, cheiros, sabores, tradições e paisagens do nosso Alentejo!

 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

PUB
pub
PUB
Outros títulos desta secção