PUB
PUB
Notícias
. em 16 de Janeiro de 2024 às 09:50
O colagénio no inverno: o melhor aliado para uma pele saudável e radiante
1/3 - Aplicação Liftera Foto: Divulgação
2/3 - Dr. Manuel Freitas
3/3 - Liftera Máquina

Com a chegada do inverno, cuidar da pele torna-se essencial devido ao frio e ao tempo seco. O colagénio, crucial para a hidratação e elasticidade da pele, torna-se um aliado importante

O Dr. Manuel Freitas, médico de Medicina Estética e diretor clínico da Clínica Belmedic no Porto, explica as vantagens da tecnologia HIFU para melhorar a aparência da pele danificada

Os desafios de manter uma pele saudável e radiante em meio às baixas temperaturas, vento frio e aquecimento interno começam a se tornar uma realidade. Durante o inverno, a pele tende a sofrer com a desidratação e o ressecamento. Isso torna a proteção e o cuidado da pele essenciais nesta temporada. No meio deste desafio invernal, o colagénio surge como um herói silencioso, proporcionando vitalidade à nossa pele e ajudando a manter sua elasticidade, mesmo nas condições mais adversas.

É verdade que estamos cada vez mais conscientes da importância do colagénio como proteína essencial na estrutura da pele e do seu papel fundamental na hidratação e elasticidade cutânea. À medida em que o colagénio diminui, a pele pode tornar-se mais propensa à secura, rugas e flacidez. Como resultado, manter níveis adequados de colagénio tornou-se uma prioridade para aqueles que buscam manter uma pele saudável e jovem.

Cerca de 75% das estruturas da nossa pele são colagénio produzido pelos fibroblastos, mas importa relembrar que a partir dos 20 anos, a produção de colágeno começa a diminuir cerca de 1% por ano, razão pela qual as pessoas podem considerar o uso de suplementos, cremes ou tratamentos para manter os seus níveis adequados. Uma das tecnologias pioneiras na estimulação do colagénio na pele e que ajuda a restaurar sua firmeza e elasticidade é o HIFU, uma tecnologia que utiliza ondas ultrassônicas microfocadas de alta intensidade, que atuam nas camadas mais profundas da pele. Esse “aquecimento” controlado sobre a pele estimula a produção de colagénio e ativa o que designamos como neocolagênese. A neocolagênese consiste, então, na produção de novas fibras de colagénio, fibras estas que criam um efeito lifting que resulta da melhoria do suporte estrutural da pele. Dentro da ampla gama de tratamentos HIFU disponíveis, Liftera se destaca como revolucionário e inovador.

"Utilizando a tecnologia de ultrassom microfocado de alta intensidade, como é o caso do Liftera da Asterasys, podemos ajudar a melhorar a aparência da pele danificada, reduzir a sua flacidez e proporcionando um aspeto mais jovem e revitalizado", reconhece o Dr. Manuel Freitas, diretor clínico da Clínica Belmedic. “Graças à entrega de energia ultrassónica de forma digital, o Liftera destaca-se da concorrência pois permite um tratamento com maior precisão, mais seguro, com menos complicações e sem downtime”, acrescenta o Dr. Manuel Freitas.

Este tratamento oferece resultados notáveis sem causar nenhum tipo de dor aos pacientes, ao contrário dos tratamentos conhecidos até agora, que causavam algum desconforto e tem um prolongado tempo de recuperação. À medida que a demanda por tratamentos indolores e eficazes continua a aumentar, o HIFU da Liftera tornou-se uma escolha assertiva para aqueles que desejam parecer e sentir-se da melhor maneira possível. O Liftera é indicado para todas as pessoas que pretendem prevenir o processo de envelhecimento cutâneo através da melhoria da qualidade da pele, para todos aqueles que gostariam de tratar áreas de gordura localizada (tanto a nível facial como corporal) e para aqueles que procuram um efeito lifting imediato. "Manter uma pele saudável e protegida é fundamental, e agora contamos com ferramentas inovadoras para nos ajudar nesse sentido", comenta o Dr. Manuel Freitas.

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

PUB
pub
PUB
Outros títulos desta secção