Nacional
Redação Lux em 4 de Novembro de 2019 às 16:20
São Martinho solidário no Lx Factory
1/2 - São Martinho solidário no Lx Factory
2/2 - São Martinho solidário no Lx Factory

No próximo dia 9 de Novembro que a Adega Mayor volta a mudar-se de malas e bagagens para Lisboa, mais concretamente para o Espaço Brasil no Lx Factory.

O evento promove uma nova interpretação, cosmopolita e festiva da Lenda de São Martinho.

Com entrada gratuita, e as vendas a reverterem na totalidade para a Associação Conversa Amiga (ACA), a programação estende-se das 15h às 22h, com os vinhos Mayores e as castanhas assadas a serem acompanhados pelos concertos de Samuel Úria (concerto único em formato coro e com a presença de Joana Espadinha), Luca Argel e Desbundixie.

Inspirado nos eternos heróis que carregam a capa da solidariedade, The Caver é uma das novidades desta edição, sendo responsável pela curadoria gráfica de todo o evento, bem como pelo live painting a acontecer em simultâneo com as atuações no palco principal.

“Depois do sucesso da primeira edição, partimos para esta segunda com ambição redobrada. Ambicionamos partilhar com mais gente esta nossa interpretação da Lenda de São Martinho, a alegria e a partilha que o vinho representa e, neste dia, convidar a vir à adega provar o vinho e fazê-lo por uma causa nobre”, afirma Rita Nabeiro, Diretora-geral da Adega Mayor.

A entrada é gratuita, mas diz a lenda que São Martinho é sinónimo de ajuda. Assim, todos os que queiram juntar-se e contribuir para esta causa, têm à sua espera um Pack São Martinho Mayor (1 cartucho de castanhas e 1 copo de vinho Adega Mayor pelo valor de €5,00), numa festa cuja receita reverte a favor da ACA.

“Este evento dá corpo à nossa identidade, unindo a arte do vinho à música e a boas causas. Se na primeira edição ficou claro que há espaço para uma festa assim, nesta segunda queremos torná-la parte da agenda, para ano após ano irmos criando novos laços de solidariedade, ajudando a comunidade e convidando cada vez mais pessoas a juntarem-se a esta causa Mayor”, sublinha Rita Nabeiro.

Entre as 15h e as 22h, juntam-se famílias e amigos, nesta iniciativa original, que visa recuperar a tradição de celebração do São Martinho.

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
pub
Outros títulos desta secção