Nacional
Cavaleiros Ana Batista e João Moura Jr. sofrem aparatosas colhidas na Monumental de Coruche
Movimento Mulheres Portuguesas (Lux)
Redação Lux em 8 de Julho de 2019 às 11:52

Os cavaleiros Ana Batista e João Moura Jr. sofreram aparatosas colhidas e foram transportados ao Hospital de Santarém durante a corrida Monumental de Coruche, que se realizou este sábado, dia 7 de jullho,  em homenagem ao bandarilheiro Manuel Badajoz.

A notícia é avançada pelo blogue taurino Farpas que refere também que o forcado Luis Fera, do Aposento da Moita, veio para Lisboa de helicóptero com várias lesões e um traumatismo craniano e foi induzido em coma e um segundo forcado, João Ventura, ficou inanimado na arena, mas não sofreu lesões graves. O cavalo "Xeque-Mate", estrela da quadra de Moura, sofreu uma grave lesão.

Ana Batista teve alta já de madrugada. "Suspeitava-se de costelas fraturadas e de um traumatismo craniano, mas graças a Deus a Ana apenas abriu a cabeça e não é nada de grave. Já se encontra em casa e na quinta-feira toureia no Campo Pequeno, isso não está minimamente em causa", referiu José Luis Gomes, citado pelo Farpas.

João Moura Júnior, "que sangrava abundantemente da boca, levou pontos internos e externos no lábio, tem também um ferimento leva na cabeça, mas o seu estado não inspira cuidados, informa o apoderado Rui Bento". 

 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
pub
Outros títulos desta secção