Nacional
Aos 61 anos, Rosa Mota sagra-se campeã de corta-mato
Rosa Mota - Isaltino Morais lança «A Minha Prisão» 04.06.15 Foto: Ricardo Santos/Lux
Redação Lux em 9 de Setembro de 2019 às 16:43

Rosa Mota sagrou-se campeã da Europa na sua categoria no corta-mato dos Europeus de veteranos de atletismo ( Europeus Masters de atletismo), a decorrer em Veneza, Itália.

A  campeã olímpica da maratona em 1988, que fez 61 anos em junho passado, foi a melhor do escalão mais de 60 anos e cumpriu os quatro quilómetros da prova em 15.14 minutos, à frente de Pauline Moran, da Irlanda (15.26), e de Maria Lorenzini, de Itália (16.24), este domingo, dia 8 de setembro.

No total de todos os escalões, foi quarta, só superada por atletas veteranas mais novas.

Rosa Mota também está inscrita em Veneza nas corridas dos dez quilómetros em estrada e também nos 10.000 metros.

Em Veneza, Portugal ocupa o sexto lugar no quadro de medalhas tendo já assegurado, em quatro dias, um total de 20 medalhas, dez de ouro.

Recorde-se que em dezembro do ano passado, Rosa Mota, aos 60 anos, venceu a mini-maratona de Macau, aos 60 anos.

Em 1986, Rosa Mota foi campeã da Europa e em 1987 campeã mundial em Roma. Em 1988, ganhou a medalha de ouro nos Jogos Olímpivos de Seul, quando a 2 quilómetros da meta atacou Lisa Martin, ganhando com treze segundos de avanço.

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
pub
Outros títulos desta secção