Nacional
Redação Lux em 10 de Julho de 2020 às 13:00
Rui Mendes homenageado no Festival de Almada

Todos os anos o Festival de Almada, homenageia uma personalidade que, pelo percurso da sua vida, seja uma referência para o teatro e este ano o tributo é feito ao ator Rui Mendes, de 83 anos.

A Homenagem do Festival de Almada reconhece "o seu inestimável contributo para o desenvolvimento de uma nova forma de estar no teatro, no cinema e na televisão. Uma participação desde sempre marcada por uma forte motivação cívica, o que faz de Rui Mendes um dos mais significativos servidores públicos das artes de palco em Portugal".

Rui Mendes foi, no espectáculo de abertura do Festival de Almada, agraciado por Sua Excelência o Presidente da República com a Comenda da Ordem do Mérito.

A homenagem decorrerá, no dia 11 de Julho, às 21h, na Sala Principal do TMJB, exactamente antes do espectáculo Castro, de António Ferreira, com encenação de Nuno Cardoso, pelo Teatro Nacional São João.

Antes, às 18h, há três espectáculos: O Mundo é redondo, pelo Teatro do Bairro; Uma solidão demasiado ruidosa, pelos Artistas Unidos, com sessão também às 22h: e Turma de 95, pelos Barba Azul, com sessão também às 22h.

Às 21h, além de Castro, no TMJB, há também no CCB, em Lisboa, o espectáculo da Companhia de Teatro de Almada, Viagem de Inverno, de Elfriede Jelinek, com encenação de Nuno Carinhas, que entra pela primeira vez em cena no Festival de Almada.

Às 21h30, By Heart, com texto e encenação de Tiago Rodrigues, pelo Teatro Nacional D. Maria II, pode ser visto na Academia Almadense.

 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
pub
Outros títulos desta secção